Historia da Maquiagem

Hoje vim falar um pouquinho sobre a Historia da maquiagem.
A maquiagem e uma atividade fundamental para qualquer ocasião.
A arte de pintar o rosto é uma atividade realizada através dos tempos, seja no âmbito militar, pelas pinturas de guerra feitas pelos indígenas, seja no âmbito social e profissional .

Atualmente, a maquiagem faz parte da rotina de praticamente todas as pessoas vaidosas.

O que é maquiagem?
Segundo o dicionários, maquiagem, maquilagem, ou ainda, maquilhagem, e aplicação de substâncias especificamente para o corpo, com efeito cosmético de embelezamento ou disfarce, seguindo na maioria dos casos, as tendencias da moda.

A maquiagem é um item indispensável do mundo da moda. Ela é usada também em outros ramos além da estética: como por exemplo, no teatro e no cinema, e alguns ritos religiosos.

A maquiagem para função estética começou a ser usada pelos egípcios, e pintavam-se de maneira bastante original .

Nos dias de hoje, o usos da maquiagem tem sido muito valorizado. Principalmente por causa do desenvolvimento de novas técnicas no setor e também por sua facilidade de divulgação através dos meios de comunicação.

Evolução da maquiagem.

Idade das Pedras: na sociedade primitiva os homens e mulheres usavam extratos de plantas e de animais para pintar-se, alem de misturas de terras e pedras. As pinturas não se restringiam ao rosto, o corpo também era pintado em ocasiões especiais, marcar a passagem de fases da vida, para caçar e para adorar os Deuses .

Idade Média: maquiagem chegou a ser condenada pelo clero. As mulheres que se pintavam eram acusadas de não aceitarem a aparência que Deus havia lhes dado, e se maquiar, portanto, representava um ato de revolta contra as decisões divinas.

Era Renascentista: período que resgatou o desejo e o direito à beleza. O tipo físico ideal da época era figura alva e pálida, alcançada pela aplicação no rosto e nos cabelos de um pó ranco obtido do caulim, do gesso ou do arroz- dai vem a origem da denominação "pó-de-arroz".

Nos anos de 1900: As mulheres da sociedade eram proibidas de usar maquiagem, aquelas que usavam eram taxadas de ignorantes e promiscuas.




Anos 10: Começou a surgir o interesse das mulheres em provar o rubor e pó-de-arroz que até então eram utilizados somente pelas damas de teatro.






Anos 20: O batom foi inventado e o simbolo de beleza era Coco Chanel. O cabelo curto definia a imagem,
com ou sem franja, liso ou ondulado. Era completado com os olhos contornados de preto, lábios vermelho-escuros e sobrancelhas cuidadosamente delineadas, pintar os lábios ou empoar o rosto era considerado uma impertinência e exatamente por isso, muito chique. As pessoas adoravam pesar na maquiagem, mesmo que o resultado fosse artificial.





Anos 30: olhos sofisticado e provocantes. Sobrancelhas totalmente depiladas e redesenhadas com um lápis, num traço fino, ousado e marcante. Sombras de pálpebras em pó exploravam todos os matrizes, indo do castanho aos cinzas, e inclusive o preto para a noite. Os cílios cuidadosamente recurvados e cobertos por máscaras para cílios. Para evitar todo excesso considerado vulgar, a maquiagem da oca tornou-se mais discreta.



Anos 40: Olhos armados de guerra. A hora e a vez das femme fatales. A beleza sinônimo de saúde, era
considerada um dever nacional. Os efeitos da guerra abalaram o mundo e o mercado de cosméticos teve uma queda em função da falta de matérias-primas. Graxa para botas serviam coo mascara de cílios e como tintura para sobrancelhas, o carvão , como sombra de pálpebras e pétalas de de rosas embebidas em álcool produziam um blush liquido da era vitoriana. Ao longo de todo o conflito, as estrelas usavam cabelos longs, um modo de exprimir a feminilidade numa época em que muitos outros meios não eram acessíveis.


Anos 50: Olhos de gazela. A elegância acima de tudo. Modelados pela sombra nas pálpebras, o lápis de sobrancelha, a masca para cílios e sobretudo o delineador. A importância da maquiagem dos olhos trouxe uma infinidade de criações e reformulações de produtos. A maquiagem realça a palidez da pele e a intensidade dos lábios. Os pós-de-arroz e compacto estavam mais que presentes.







Anos 60: Olhos de adolescente. Época de grandes mudanças. Ultra-maquiados transparecendo uma ousadia inocente. Na época, surgiram as minissaias e as mulheres começaram a deixar de lado o clássico e
então "ultrapassado" visual fatal. A feminilidade transitava entre comportado e o irreverente. As corres eram fortes, puras, verdadeiras: rosa-choque, dourado, verde, e laranja. Os anos 60 marcaram o início da cltura pop americana.



 Anos 70: Olhos em busca de liberdade. A força da cor. A beleza toma um aspecto moral e psicológico. Não existem mulheres feias, há mulheres que ainda não se conhecem. Pela a primeira vez na evolução da beleza, homens e mulheres podiam escolher sua aparência seguindo seu estilo de vida pessoal, e não somente as exigências da moda.
A maquiagem e os cortes de cabelo se tornaram, mais que nunca, meios de expressão de escolhas. Cabelos livres, pele bronzeada e labos brilhantes fizeram dos anos 70, uma década de beleza explosiva.



Anos 80: Olhos cheios de movimento. A década over. Sob as luzes estroboscópicas, a juventude dourada e coberta de lantejoulas tinha os lábios muito vermelhos, os olhos pintados de azul-elétrico e as maças do
rosto realçadas por blushes cor de tijolo. Os códigos de beleza começavam a mudar de acordo com a estações do ano. A sombra passava do castanho ao violeta e era esfumaçada, em arco-íris. Os cílios eram alongados com as máscaras coloridas (verde relva e azul piscina) e a prova d'água. No topo dos anos 80, triunfava a Madonna, que foi um marco da década em que era proibido "fraquejar". A beleza virou competição e as mulheres passaram a cuidar do corpo. Os músculos demostravam que elas não seriam mais intimidadas.




Anos 90: Olhos menos cintilantes e mais decadentes. Década do minimalismo. Cansada dos agito dos anos 80, as mulheres do anos 90 apresentam uma beleza esquálida e perturbadora que representa uma sociedade em fase de mutação. Tatuagem e piercings fazem do corpo um campo de expressão da feminilidade "debochada"




De 2000 aos tempos atuais. 
Olhos espirais levam ao túnel do tempo. A era da beleza. 
Fragmentos de todas as décadas passadas se misturam e contam um pouco da história da beleza feminina através dos tempos. Com a chegada do novo milênio, os diversos aspectos adotados pela beleza nos serviram de espelho. A aparência, em manifestações diversas e imagens extremas, refletiram os processos
de transformação.
Na maquiagem dos anos 2000 quanto mais perto da realidade melhor. A maquiagem  continua evoluindo bastante em questão de qualidade e benefícios de cada produto que tem ganhado novas cores e texturas específicas para cada tipo de pele, antes produtos usados apenas para esconder imperfeições agora, graças a tecnologia além de desenvolver essa função também trata da pele.
 O que vale na hora de compor os looks da época são: simplicidade e facilidade. "Quanto mais próximo da realidade, melhor. Menos é mais".
Mas não pense que para compor o visual é preciso sair de cara lavada. O segredo está em usar maquiagem, sem transformá-la em um evento. "Corrija a pele sem pesar e complete com apenas uma camada de máscara para cílios, sombra marrom esfumada ao redor dos olhos e batom sequinho cor de boca". Marcar a sobrancelha também é um truque simples, mas infalível para valorizar o olhar. E mais: "O curvex sem máscara já faz toda a diferença e o blush rosado aplicado só na frente sugere uma pele bem tratada."Apesar do conceito natural, saiba que não é preciso ser extremista e abandonar todos os outros itens de make ricos em cores. Um delineador gráfico e até um batom vermelho ou vinho, por exemplo, levantam o visual e estão mais do que liberados. Afinal, o uso de tais recursos contribui também na valorização do estilo pessoal de cada mulher.
Adorei ter conhecido um pouco mais sobre a historia da maquiagem e vocês? 
Na minha pesquisa pela internet sobre o assunto aprendi mais do que coloquei aqui mais não da pra contar tudo sem escrever um livro como não e este o objetivo só contei um pouco, e o post já ficou grande.  

3 comentários:

  1. já li um livro super interessante sobre isso, adorei seu post :)

    ***FELIZ 2014***

    Muito obrigada por comentar lá no blog, sempre me avise de novas atualizações aqui!

    Beeeijooos, @re_becah

    www.blogdareh.com.br
    www.youtube.com/blogdareh
    www.facebook.com/blogdareh

    ResponderExcluir